Limitações de Resultados Obtidos Indiretamente (Cálculo) Reportados em Ensaio de Proficiência

Limitações de Resultados Obtidos Indiretamente (Cálculo) Reportados em Ensaio de Proficiência

Rodrigo Doellinger Vinícius Dias, Diogo Jerônimo, Vinicius Biasoli e Carla Albuquerque

O Ensaio de Proficiência (EP) é uma ferramenta eficaz para determinar o desemprenho analítico de um laboratório por meio de comparações interlaboratoriais. Os participantes de um EP devem analisar os materiais de controle da mesma forma que analisam as amostras de pacientes na sua rotina.

Em geral, os laboratórios obtém os resultados de ensaios quantitativos a partir de reações realizadas com métodos consolidados e leituras obtidas em equipamentos apropriados. Entretanto, alguns constituintes do sangue e outros líquidos corporais, tem sua concentração vinculada a de outros constituintes. Neste caso, a literatura dispõe de fórmulas matemáticas que determinaram a relação entre diferentes constituintes e permitem a previsão de uns a partir da dosagem de outros.

O cálcio iônico é um exemplo. Sua concentração no sangue pode ser obtida a partir da sua dosagem em soro, ou ainda ser calculada com base em uma fórmula matemática que considera as dosagens de albumina, cálcio total e proteínas totais.

Identificando a dosagem, como uma forma direta de obtenção do resultado de um constituinte, é importante que o laboratório conheça as limitações de resultados calculados antes de liberá-los em laudos e de submete-los a avaliações de Ensaio de Proficiência.

Assine nossa newsletter

Receba publicações relevantes sobre laboratório e soluções para 
gestão da qualidade.

ENTRAR

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, possibilitando uma navegação mais personalizada, de acordo com as características e o seu interesse. Para mais informações consulte a nossa Política de Privacidade e Segurança.

PRM 0009

Acreditação Cgcre/Inmetro - Produtor de Material de Referência Certificado

A Controllab é acreditada como Produtor de Material de Referência Certificado (MRC) desde 2016 pela Coordenação Geral de Acreditação (CGCRE), do Inmetro, sob o n.º PMR 0009. A avaliação dessa conformidade é realizada conforme os requisitos estabelecidos nas normas ABNT NBR ISO 17034 e Inmetro, garantindo assim a competência para a produção dos MRC, conforme Escopo de Acreditação.

Esta acreditação atesta a competência técnica da Controllab em produzir MRC, conforme requisitos internacionais e a habilita para ser reconhecida em outros países, conforme acordos de reconhecimento mútuo, estreitando as barreiras técnicas entre o Brasil e os outros países dos Continentes.

CAL 0214

Acreditação Cgcre/Inmetro - Laboratório de Calibração

Em dezembro de 2002, o Laboratório de Calibração foi acreditado pela Coordenação Geral de Acreditação (CGCRE) do Inmetro. Com esse reconhecimento, tornou-se parte integrante da rede brasileira de laboratórios acreditados, sob o nº214. Desde então, é avaliado periodicamente para a manutenção e/ou extensão da acreditação.

O selo do Inmetro atesta competência técnica, credibilidade e capacidade operacional da Controllab para os serviços de calibração, conforme requisitos da ABNT NBR ISO/IEC 17025.

A Cgcre é signatária dos Acordos de Reconhecimento Mútuo da International Laboratory Accreditation Cooperation (ILAC) e da Interamerican Accreditation Cooperation (IAAC)

PEP 0003

Acreditação Cgcre/Inmetro - Laboratório de Controle

Em setembro de 2011, a Controllab foi acreditada pela Coordenação Geral de Acreditação (CGCRE) do Inmetro como provedor de ensaio de proficiência, sob o nºPEP0003. Inicialmente dentro de um projeto piloto do Inmetro, esta acreditação baseou-se na ILAC G13: 2007 e incluiu diversos ensaios clínicos e de hemoterapia. Nas avaliações periódicas desta acreditação novos segmentos e ensaios são incluídos e a avaliação passa a ser conduzida segundo a ABNT NBR ISO/IEC 17043.

Esta acreditação atesta a competência técnica da Controllab em desenvolver e conduzir ensaios de proficiência conforme requisitos internacionais e a habilita reconhecida em outros países, conforme acordos de reconhecimento mútuo firmados pelo Brasil no Mercosul, Américas e Europa.

A Cgcre é signatária dos Acordos de Reconhecimento Mútuo da International Laboratory Accreditation Cooperation (ILAC) e da Interamerican Accreditation Cooperation (IAAC)