Laboratórios veterinários possuem diretrizes específicas para o controle de qualidade

lab

A Resolução CFMV nº 1374/20 contém os critérios para exames laboratoriais e emissão de laudos para o diagnóstico animal, essenciais ao exercício da Medicina Veterinária

Desde dezembro do ano passado, a realização de exames laboratoriais veterinários conta com uma nova resolução. O Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) aprovou a Resolução CFMV nº 1374, publicada no Diário Oficial da União (DOU) no dia 2 de dezembro de 2020.

A norma tem diretrizes específicas para o diagnóstico animal, contando com instruções que preenche uma lacuna na área, mais precisamente em exames laboratoriais. Antes, o segmento guiava-se pela Resolução (RDC) nº 302/2005, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que define apenas as orientações dos estabelecimentos que prestam serviços para humanos.

O setor veterinário e seus profissionais ansiavam por orientações mais singulares para a sua atuação. Para atender esses anseios, foi criado um Grupo de Trabalho (GT) que, após um ano e meio de reuniões, pesquisas de literatura científica vigente em Medicina Veterinária laboratorial e consultas públicas aos CRMVs e órgãos reguladores (Mapa e Anvisa) propôs a resolução.

“Esta resolução responde ao anseio do setor e dos profissionais que aguardavam uma orientação. Ela traz definições importantes para a área laboratorial, como a obrigatoriedade de um responsável técnico médico veterinário, normas para requisição de exames e emissão de laudos, estrutura comum e específica e o controle de qualidade”, explica o Dr. Daniel de Araújo Viana, que presidiu o GT. Dr. Daniel acumula uma trajetória acadêmica voltada a medicina veterinária, é membro das principais instituições que representam a classe e atual Diretor Técnico-Científico da PATHOVET – Anatomia Patológica e Patologia Clínica Veterinária.

No próximo mês finda o prazo para os laboratórios veterinários se adequarem as exigências da resolução, entre elas, o Controle de Qualidade. Os laboratórios e suas filiais devem assegurar a confiabilidade dos serviços laboratoriais prestados, por meio do controle externo e interno de qualidade. Estendendo também aos postos de coleta e demais estabelecimentos que realizam exames de suporte ao diagnóstico clínico de animais, como consultórios, clínicas, ambulatórios e hospitais veterinários.

“A Resolução CFMV nº 1374/20 trouxe a obrigatoriedade do controle de qualidade em laboratórios veterinários. O advento da automação nos laboratórios de análises clínicas veterinárias causou a necessidade de implementação de um sistema de controle de qualidade, para avaliar os resultados dos exames laboratoriais, garantindo que as atividades ocorram conforme o planejado”, afirma o Doutor.

A resolução traz um importante benefício para a saúde veterinária ao regularizar o uso do controle de qualidade. Isso porque, ao adotar adequadamente o controle de qualidade na rotina laboratorial, os prestadores de serviço garantem o mesmo bom nível de qualidade a todos os clientes.

Para auxiliar os laboratórios veterinários neste cenário, a Controllab dispõe de um amplo portfólio de Ensaio de Proficiência (também conhecido como Controle Externo), Controle Interno, Calibração de Instrumentos e outras soluções para garantir a qualidade e assertividade dos resultados laboratoriais.

Desde 2005 são disponibilizados diversos controles veterinários com matrizes dedicadas às principais espécies contempladas nas análises (bovino, canino, equino, felino/gato, etc.). Essa especificidade dos materiais associada ao correto uso dos controles, auxilia as rotinas laboratoriais para assegurar que os resultados dos laudos demonstrem veridicamente o estado clínico do animal.

A Controllab é o maior provedor de controle de qualidade do Brasil e da América Latina, tendo a sua competência técnica certificada pelos reconhecimentos ISO 9001, 17025, 17034 e 17043, Habilitação Anvisa/ Reblas, BPF e tem o apoio da Sociedade Brasileira de Medicina Veterinária (SBMV).

Para saber mais sobre o controle de qualidade veterinário, acesse os programas em nosso site, contate-nos pelo e-mail contato@controllab.com ou pelo telefone (21) 3891 9900 e WhatsApp (21) 98036-1592.

Suscríbase a nuestro boletín

Reciba publicaciones relevantes sobre laboratorios, soluciones para
gestión de la calidad y optimización de la gestión empresarial.

INICIAR SESIÓN
AVISO DE COOKIES

Usamos cookies y otras tecnologías similares para mejorar su experiencia, posibilitando una navegación más personalizada, de acuerdo a las características y su interés.

Para obtener más información, consulte nuestra Política de privacidad y seguridad.

PRM 0009

Productor de Material de Referencia Certificado

Controllab está acreditado como Productor de Material de Referencia Certificado (MRC) desde 2016 por la Coordinación General de Acreditación (CGCRE) de Inmetro, con el Nº PMR 0009. La evaluación de esta conformidad se realiza según los requisitos establecidos en las normas ABNT NBR ISO 17034 e Inmetro, garantizando así la competencia para la producción de los MRC, de acuerdo al Alcance de Acreditación.

CAL 0214

Acreditación Cgcre/Inmetro - Laboratorio de Calibración

En diciembre de 2002, el Laboratorio de Calibración fue acreditado por la Coordinación General de Acreditación (CGCRE) de Inmetro. Con este reconocimiento, se convirtió en parte integral de la red brasileña de laboratorios acreditados, bajo el nº214. Desde entonces, se evalúa periódicamente para el mantenimiento y/o extensión de la acreditación.

PEP 0003

Acreditación Cgcre/Inmetro - Laboratorio de Control

En septiembre de 2011, Controllab fue acreditada por la Coordinación General de Acreditación (CGCRE) de Inmetro como proveedor de ensayos de aptitud, con el nº PEP0003. Inicialmente como parte de un proyecto piloto de Inmetro, esta acreditación se basó en ILAC G13: 2007 e incluyó varios ensayos clínicos y de hemoterapia. En las evaluaciones periódicas de esta acreditación, se incluyen nuevos segmentos y ensayos y se comienza a realizar la evaluación según ABNT NBR ISO/IEC 17043.

Esta acreditación da fe de la competencia técnica de Controllab para desarrollar y realizar ensayos de aptitud de acuerdo con los requisitos internacionales y le permite ser reconocida en otros países, de acuerdo con los acuerdos de reconocimiento mutuo suscritos por Brasil en Mercosur, América y Europa.