Controllab é acreditada para os principais métodos de Covid-19

Agilidade, pioneirismo e o comprometimento para com os laboratórios fizeram com que o provedor conquistasse mais um reconhecimento.

Controllab conquistou mais um reconhecimento: a acreditação do Ensaio de Proficiência para Covid-19. Com isso, além de ser o maior provedor de Controle de Qualidade Laboratorial do Brasil e da América Latina, a Controllab também se torna a única no mundo acreditada para pesquisa de Covid-19 pelos métodos de Biologia Molecular, Imunologia por Automação e Teste Laboratorial Remoto (POCT)* para pesquisa de anticorpos e antígeno.

A acreditação da Cgcre do Inmetro para a NBR ISO/IEC 17043 é a chancela às investidas da empresa em aumentar a oferta de ensaios acreditados conforme a norma. “Todos os ensaios oferecidos pela Controllab seguem os critérios da 17043 e a acreditação é o reconhecimento dessas ações”, informa Fernanda Dias – gestora de qualidade dos serviços.

Segundo a gestora, aplicar diretrizes normativas em cada implantação faz parte do DNA da empresa, que busca a qualidade e confiança das suas soluções para agregar valor aos laboratórios. Essa cultura é praticada na produção de todos os materiais produzidos pela Controllab e serviços oferecidos.

A agilidade e o comprometimento da Controllab para com os laboratórios clínicos foram demonstrados mais uma vez logo no início dos casos do novo Coronavírus no país quando foi lançado o 1º Ensaio de Proficiência (EP) realizado no Brasil para SARS-CoV2 em parceria com a Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial (SBPC/ML).

Como resultado, foi liberado um relatório avaliado por um grupo de especialistas com a análise do comportamento obtido na comparação interlaboratorial. O conteúdo disponibilizou informações que auxiliaram tanto os fabricantes de kits diagnósticos quanto os laboratórios neste período tão desafiador.

A Controllab vem investindo continuamente na ampliação dos ensaios disponibilizados e está atenta à evolução diagnóstica para Covid-19. Neste mês expandiu a oferta de controle de qualidade para doença com a matriz saliva.

A trajetória de 43 anos da empresa é pautada de compromisso em oferecer soluções para a qualidade e assertividade dos resultados laboratoriais. São mais de 3.500 ensaios ofertados para diversos segmentos: clínico, banco de sangue, veterinária, microbiologia e ensaios físico-químicos para medicamentos, alimentos, saneantes, água e efluentes, combustíveis e outros. Os serviços disponibilizados facilitam a rotina para os processos de acreditações laboratoriais e órgãos regulamentadores, como pode ser evidenciado em recente reconhecimento das Cepas Controle em Materiais de Referência Certificados (MRC).

Informações detalhadas dos programas e as soluções disponibilizadas pela Controllab estão disponíveis no site. Mais informações também podem ser obtidas pelo e-mail contato@controllab.com ou pelos telefones e WhatsApp (21) 97901-0310 e (21) 98036-1592.

*Conforme consulta ao site EPTIS.

Assine nossa newsletter

Receba publicações relevantes sobre laboratório e soluções para 
gestão da qualidade.

ENTRAR
AVISO DE COOKIES

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, possibilitando uma navegação mais personalizada, de acordo com as características e o seu interesse.

Para mais informações consulte a nossa Política de Privacidade e Segurança.

PRM 0009

Acreditação Cgcre/Inmetro - Produtor de Material de Referência Certificado

A Controllab é acreditada como Produtor de Material de Referência Certificado (MRC) desde 2016 pela Coordenação Geral de Acreditação (CGCRE), do Inmetro, sob o n.º PMR 0009. A avaliação dessa conformidade é realizada conforme os requisitos estabelecidos nas normas ABNT NBR ISO 17034 e Inmetro, garantindo assim a competência para a produção dos MRC, conforme Escopo de Acreditação.

Esta acreditação atesta a competência técnica da Controllab em produzir MRC, conforme requisitos internacionais e a habilita para ser reconhecida em outros países, conforme acordos de reconhecimento mútuo, estreitando as barreiras técnicas entre o Brasil e os outros países dos Continentes.